Barco

Quando decidimos partir em mais uma volta ao mundo, elaboramos uma lista de todos os preparativos e… Nossa, como a lista era grande!

E não basta planejar e fazer listas: também precisamos estabelecer prazos para a realização de tudo.

O preparo de cada tripulante também foi indispensável, fosse na parte de mídia ou na parte mecânica. Mas de todos, há um quesito crucial e quiçá o mais importante: a segurança.

Uma equipe só trabalha bem quando está preparada – e preparada para tudo! A bordo, é preciso evitar o pânico. Em nossa primeira viagem, o capitão Vilfredo se jogou ao mar para ver a reação da família. Como você reagiria?

O desespero foi geral e o resgate levou meia hora! Em um mar gelado, como nos pólos, ele teria morrido. Essa situação serviu de alerta e então eles decidiram treinar resgates frequentemente.

Artigo retirado do antigo site. Autoria dos Schurmann.

Deixe uma resposta