Tubarão Martelo

Você sabia que antigamente os tubarões eram chamados de cachorros do mar? Foi apenas em 1569 que um marinheiro chamado John Hawkins cunhou o termo “shark”, que veio da palavra maia “xoc” (peixe).

Hoje, já foram identificadas inúmeras espécies de tubarões: a menor é o tubarão-pigmeu (com apenas 10 cm) e a maior é o tubarão-baleia, que pode chegar a 15 metros e 20 toneladas, que diferença!

Os tubarões possuem audição e olfato superior aos dos seres humanos, sendo capazes de sentir cheiros a 2.000 metros, além de que conseguem cheirar uma gota de sangue em 100 partes de água. Tem também a capacidade de ouvir sons longínquos e captar sete vezes mais tonalidades de cores do que nós.

Existem muitas espécies de tubarões e a dieta deles depende de onde vivem, pois se adaptam facilmente ao ambiente onde estão. Há espécies que se alimentam de outros animais, como leões marinhos, golfinhos ou até mesmo outros tubarões. Espécies que vivem em maiores profundidades podem se alimentar crustáceos, já que no fundo mar eles são abundantes.

Este artigo foi retirado do antigo site. Sua autoria é dos Schurmann.

Tubarões de todos os tamanhos
5 (100%) 1 voto

Comentar