Peixe-mandíbula jawfish

A natureza não cansa de surpreender: mesmo com tantas espécies já descobertas, ainda há mistérios e surpresas. Uma delas é o jawfish – livremente traduzido como “peixe-mandíbula”.

Essa espécie surpreende por sua maneira incomum e muito peculiar de incubar seus ovos: guardando-os na boca, para proteger os recém-nascidos de predadores. O nome, no entanto, não é para ser assustador como sugere – muito pelo contrário.

Na relação dos incubadores bucais, o macho é o responsável pelo cuidado dos ovos até que choquem. Após o acasalamento, ele fertiliza os ovos e coloca-os na boca. Isso significa que durante a incubação, ele não se alimenta até que os filhotes nasçam. Só depois ele passa por um período de recuperação e alimentação.

Eles são encontrados em recifes do mar do Carine, entre 3 e 40 metros de profundidade. Com tamanha responsabilidade, os peixes são pequenos: até 10 cm de comprimento. Geralmente, eles são vistos com apenas a cabeça para fora – mas às vezes saem para “arejar” e rotacionar os ovos.

Artigo retirado do antigo site. Autoria dos Schurmann.

Deixe uma resposta